10 motivos para você querer visitar a CASACOR Minas 2017 desde já

10 motivos para você querer visitar a CASACOR Minas 2017 desde já

Faltando pouco mais de 40 dias para a CASACOR Minas, a gente antecipa algumas, das muitas novidades que estão por vir. Você vai querer visitar a mostra desde já!

1. Vista inigualável 

Contemplar a vista panorâmica dos prédios do Centro da cidade e o enorme e colorido céu de Belo Horizonte é só um dos motivos que torna especial o endereço da CASACOR Minas. Quem passa por ali, não resiste em fazer uma pausa pra fazer uma foto!

foto: Warley Handball

Mas é a mudança de ângulo e o que se vê da cidade que torna mais interessante a pausa nessa grande “varanda urbana”. Impossível parar em qualquer ponto da rua para contemplar a vista e não imaginar os primeiros anos de criação da cidade. O edifício que hoje abriga o Museu de Artes e Ofícios foi porta de entrada de quem desembarcava na estação para participar da construção da nova capital do Estado.

A história da cidade também está presente nos diversos estilos arquitetônicos do conjunto de edifícios que avistamos. Em cada uma das pontas da Sapucaí, duas recentes construções chamam atenção pela fachada envidraçada. Essas edificações dialogam com edificações que formam o conjunto arquitetônico da Praça da Estação, com o Edifício Itatiaia e Hotel Amazonas. Ainda avistamos o Othon Palace, as duas torres dos edifícios SulAmérica e Sulacap e ainda os edifícios Acaiaca, Maletta e Banlavoura, entre outros.

É de lá também que dá pra ver os viadutos Santa Tereza e Floresta, que ligam a zona leste da cidade às outras regiões. Vemos também a Praça da Estação, o comecinho da Avenida Amazonas com suas grandes palmeiras, a Av. dos Andradas, Rua Caetés e outras importantes vias.

2. Brunch aos domingos

Agnes Farkasvolgyi durante almoço no Bouquet Garni

Uma cozinheira que faz arte e uma artista que cozinha. Assim se define Agnes Farkasvolgyi. E é a chef e proprietária do buffet Bouquet Garni que vai ocupar o restaurante da CASACOR Minas deste ano. As novidades? Pela primeira vez ela vai ocupar um espaço com projeto assinado por seu irmão, o arquiteto Bernardo Farkasvolgyi e aos domingos o restaurante estará aberto para o brunch. Os detalhes a gente divulga em breve!

3. Resgate da memória de um edifício tão importante para a cidade

foto: Jomar Bragança

A primeira vez que entramos na antiga sede da RFFSA, encontramos um imóvel que estava fechado há 10 anos. O estado de preservação era bom, algumas reformas na estrutura e telhado haviam sido feitas. Quando nossos olhos se voltaram para o edifício, começamos, junto ao Iphan, a fazer o resgate da sua história e das suas características originais. Muita coisa já começou a ser feita, como a substituição dos pisos não originais da entrada por ladrilhos hidráulicos que relembram como eram as peças originais e a reforma dos banheiros conforme projeto de restauro.

4. As delícias da cozinha do chef Felipe Rameh servidas nos jardins do casarão

foto: Barbara Dutra

Pela primeira vez em 23 edições, o bar da CASACOR Minas estará aberto ao público durante o período de visitação da mostra. A dobradinha não poderia ser melhor: o projeto de interiores terá assinatura da respeitada e premiada arquiteta Ângela Roldão e a cozinha estará sob o comando do chef Felipe Rameh. O público poderá sentar em uma das mesas internas do restaurante ou nas mesas que estarão nos jardins do casarão, oportunidade perfeita para contemplar a bela vista do centro da cidade.

5. Passeio pelo tempo através da arquitetura

foto: Jomar Bragança

Visitar a CASACOR Minas também é ver ou rever os traços da arquitetura presentes nas edificações, viadutos e elementos urbanos do trajeto que nos leva para o bairro Floresta e no casarão que vai abrigar a mostra. Aproveite o momento e preste atenção nos detalhes de cada edifício, cada poste, nos balaústres, nos arcos do viaduto, nas antigas casas da região que ainda resistem ao tempo, no paisagismo das praças e na paisagem urbana que se põe à nossa frente.

6. Segunda edição da mostra 100% Minas

foto: Barbara Dutra

Com a primeira edição realizada em junho do ano passado, a mostra teve o caráter inédito de reunir e apresentar talento de jovens e reconhecidos designers mineiros em um único espaço. Este ano mostra ganha uma área maior, mais tempo para visitação e projeto expográfico assinado pelo arquiteto Carlos Teixeira. A curadoria é de Mônica Boscarino e o público poderá conferir a recente produção e a variedade de peças de mobiliário criadas por designers e arquitetos de Minas Gerais.

7. Gim feito na casa

foto: reprodução Instagram

Sim, essa edição vai contar com um bar de gim! Com um conceito refinado e urbano, o Ginger Bar vai oferecer da bebida destilada produzida em um alambique de cobre que será instalado dentro do próprio bar. Quem visitar a mostra poderá ver os equipamentos, entender o processo de concepção da bebida, experimentar drinks e ainda levar um pouco para casa. Incrível né? O responsável pela produção da bebida é André Sá Fortes da YVY Destilaria.

8. Espaços abertos ao público

foto: Jomar Bragança

Além do bar e jardins da casa, que pela primeira vez serão abertas à visitação pública, uma outra novidade é que, aos finais de semana, a Associação Mineira de Ferreomodelismo abrirá as portas da sua sede para os visitantes conhecerem os pouco mais de 120 metros de trilhos por onde passam miniaturas de locomotivas e vagões. A linha férrea chama atenção pelo esmero com que foi construída. São pontes, túneis e paisagens formadas por morros, campos, igrejas, casas, estações, carros, caminhões e até uma mineradora. Tudo na escala conhecida internacionalmente como HO, que tem 1:87, ou seja, tudo, das locomotivas aos túneis, é exatamente 87 vezes menor que os originais.

9. Pôr do sol

foto: reprodução instagram

Que tal uma pausa no fim do dia para se surpreender com a beleza natural do entardecer? Garantimos uma vista brilhante com tons de vermelho, laranja e azul vibrantes. Desfrute da vista pelas amplas janelas do casarão, sentado no café ou nos jardins da casa. Uma dica: venha nos visitar sem pressa.  

10. E claro, o talento e criatividade de designers de interiores, arquitetos e paisagistas

E este ano, essa turma terá o desafio de ocupar os 4.000m² de um edifício tombado.

Quem é que não fica ansioso para tanta novidade? Nos vemos na CASACOR Minas 2017. De 12 de junho a 17 de agosto na Rua Sapucaí, 383, Floresta.

 

Deixe um comentário

4 Comentários em "10 motivos para você querer visitar a CASACOR Minas 2017 desde já"

Notificar a
Ordenar por:   o mais novo | o mais velho | mais votados
Vera marise monteiro
Visitante

As Mostras do Casacor são sempre inspiradoras. Será um prazer passar o dia e aproveitar o entardecer no espaço. A Casa tem seu glamour de dia e à noite a iluminacao traz uma outra perspectiva para cada ambiente. Gosto de sentir os dois. Sucesso!

Dayse Batista
Visitante

Alô Casacult! Maravilhosa a matéria! Maravilhosa mais uma vez a CasaCor Minas! Só para ficar tudo mais maravilhoso ainda, uma correção na data do evento no fim da matéria:
A CasaCor Minas acontecerá do dia 12 de agosto a 17 de setembro de 2017!
Estive nas visitas guiadas e não vejo a hora de ver tudo pronto! Um grande abraço!

wpDiscuz