Desafios e êxitos da montagem e estruturação da CASACOR Minas

Desafios e êxitos da montagem e estruturação da CASACOR Minas

Algumas pessoas acreditam que um imóvel depois de tombado torna-se “intocável”. Entretanto, ele pode passar por adaptações e reformas desde que obedeça diretrizes, normas e orientações específicas para o seu tipo de edificação. É importante ter conhecimento de que o tombamento é um ato administrativo que visa reconhecer a relevância cultural de um imóvel para a sociedade. Entregar para a população um imóvel tombado devidamente restaurado, ajuda no processo de valorização urbana e de reconhecimento da memória arquitetônica da cidade.

Neste processo, a Toneli, empresa de reforma e serviços de construção civil, vem sendo parceira máxima da CASACOR Minas durante as obras, restauros e montagens que antecedem o período da mostra que acontecerá no que prédio abrigou a sede da extinta Rede Ferroviária Federal S/A (RFFSA). Graças à eles conseguimos compatibilizar as necessidades do imóvel e do evento com as demandas de fiscalização regulamentadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o órgão responsável por pontuar o que pode o que não pode ser modificado na estrutura da casa.

Confira o que está sendo realizado:

1. Instalações elétricas
Estão sendo refeitas. Neste processo, nem um fio pôde ser reaproveitado, muitos pontos de energia estavam em oxidados, entupidos ou até mesmo desgastados por insetos. Como não se pode quebrar paredes, a nova rede elétrica foi manejada pelo teto.

2. Instalação do padrão de energia
O antigo padrão estava instalado na Rua Tapuias. A nova instalação fica agora na Rua Sapucaí. Com as renovações e mudanças, o edifício passa a ter capacidade para atender perfeitamente a demanda elétrica de todos os espaços.

3. LED
Todas as lâmpadas estão sendo trocadas por exemplares de LED, com foco na economia de energia.

4. Sistemas de esgoto e água

Estão sendo inteiramente refeitos.

5. Pisos de madeira

Os trabalhos de recuperação dos pisos de madeira respeitaram suas características originais. As peças estavam desgastadas e receberam um tratamento que incluia raspagem e camadas de verniz especial para trazer de volta suas cores originais.

6. Escadaria principal
A escadaria principal que oferece acesso ao casarão possui piso em pedra natural da época da sua construção. As pedras serão polidas, para ficar com o mesmo aspecto de quando foram instaladas. Atualmente, o guarda-corpo com balaustre apresenta falhas e pedaços incompletos. Ele também será recuperado. A parte de cima do guarda-corpo que é de mármore, vai passar por um processo para recuperar sua tonalidade original; algumas partes que estão quebradas serão reconstruídas.

O trabalho da empresa começou três meses antes da inauguração da mostra e durante este período mais de 30 profissionais da Toneli passarão pelo casarão. Ficou curioso? Faltam menos de 30 dias para que os visitantes possam ver de perto os restauros concebidos na casa. A mostra vai de 12 de agosto até 17 de setembro. Não perca!

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar a
wpDiscuz