Uma casa industrializada na CASA COR Minas

Uma casa industrializada na CASA COR Minas

Bruno Campos, Marcelo Fontes e Silvio Todeschi, sócios da BCMF Arquitetos, receberam um convite desafiador da CASA COR Minas neste ano: serem responsáveis pela concepção, projeto e construção de uma casa em apenas um mês. Você pode estar se perguntando: mas isso é possível? Sim! Utilizando tecnologias de casas industrializadas.

_M1A1456Estruturas metálicas, ArcelorMittal | Lâminus Engenharia | Foto: Jomar Bragança

É um desafio motivador. Principalmente porque a BCMF tem trabalhado, sobretudo nos últimos anos, em projetos de grande porte e complexidade, que demoram anos para serem construídos. Então, é um prazer adicional ver um projeto sair do papel de forma quase instantânea”, afirma Bruno Campos, um dos sócios do escritório.

O projeto da casa industrializada foi desenvolvido em parceria com a Lâminus Engenharia, que detém a patente do modelo estrutural multilaminar. Trata-se de um sistema modular de painéis de concreto envelopado, bastante flexível em termos de dimensões, feito com várias lâminas que podem conferir as mais diversas especificidades. “A aplicação dessa tecnologia possibilita uma série de vantagens em termos de performance, acabamento e logística, além de permitir uma infinidade de combinações estruturais e espaciais”, explica Bruno.

_M1A1461Foto: Jomar Bragança

E mais: além da rapidez na construção de um projeto, a tecnologia multilaminar permite também redução de custos e de mão de obra, economia de energia, é ecologicamente correta e uma série de outras vantagens.

Ainda de acordo com o arquiteto, o protótipo construído para a CASA COR Minas combina materiais tradicionais, como concreto, madeira, alumínio e vidro, com uma estética contemporânea, de arranjo despojado e informal. “O nosso objetivo é provar que é possível construir em um mês uma casa com, no mínimo, a mesma qualidade e padrão dos métodos tradicionais e por um custo substancialmente menor”, ressalta.

O projeto da Casa Industrializada da CASA COR Minas contempla uma área de 230 m2, que abriga 3 suítes (sendo uma de casal, com o dobro do tamanho das demais), sala de TV, sala de estar, sala de jantar, cozinha, área de serviço, lavabo, um mini-escritório, piscina e garagem para 4 carros.

_M1A1463Foto: Jomar Bragança

Embora remeta a um projeto futurista, o modelo de construções industrializadas parece ser uma solução natural e inevitável de racionalização da construção habitacional. Suas origens remontam ao século XVII, com o surgimento das primeiras construções com painéis de madeira padronizados, passando pelo século XXVIII com a Revolução Industrial, percorrendo o século XIX, onde foram desenvolvidas estruturas portáteis para os assentamentos nas colônias, até chegar às produções em série nos EUA no século XX e aos modelos sustentáveis e tecnológicos dos dias de hoje.

Nossa ambição como arquitetos desse projeto especial da CASA COR Minas é embarcar nessa ‘tradição secular’ de investigar formas de produzir industrialmente arquitetura residencial de qualidade, independente da faixa de renda do cliente final. E, para além disso, a ideia é, quem sabe, expandir esse sistema construtivo para centros de saúde, escolas, hotéis, espaços comerciais e indústrias, independente da localização ou região”, idealiza Bruno.

Ficou curioso pra ver o resultado desse projeto? Então, não deixe de visitar a CASA COR Minas!

Para conhecer mais sobre o trabalho da BCMF Arquitetos, acesse: bcmfarquitetos.com/

De 30 de Agosto a 04 de Outubro de 2016
Terça a sexta, das 15h às 22h
Sábado, das 13h às 22h
Domingo e feriados, das 13h às 19h
Ingressos: R$40 a R$50 (inteira) | Passaporte: R$ 140 (inteira) | clique aqui e compre o seu
Alameda das Latânias, 30 | esquina de Av. Otacílio Negrão de Lima – Pampulha
SPECIAL SALE | 03 e 04 de outubro
Clique aqui e veja a programação do Casa, Cor & Conversa e Cozinha Inusitada

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notificar a