Minas muito bem representada na CASA COR São Paulo

Minas muito bem representada na CASA COR São Paulo

A CASA COR São Paulo abriu as portas ontem no Jockey Club, um dos espaços mais charmosos e icônicos da capital paulista. Dos 68 ambientes, três são assinados por profissionais mineiros: a Suíte de Casal, pelas irmãs Catarina e Renata Hermanny; o Espaço das Interlocuções por Pedro Lázaro e o Quarto de Bebê de Michele Luz. A gente traz pra você um pouco do que a gente conferiu por lá!

As irmãs Catarina e Renata Hermanny, são filhas da renomada arquiteta Patrícia Hermanny e desde 2015 escolheram a capital paulista para viver. A dupla é  responsável pela Suíte do Casal, uma das grandes surpresas desta edição. Utilizando materiais como linho, couro, madeira e pedra, elas conseguiram criar um aconchegante jogo de texturas. No mobiliário, investiram no diálogo harmonioso entre peças de design brasileiro e italiano.

Suíte do Casal por Catarina e Renata Hermanny para Casa Cor São Paulo 2016 | Foto: Divulgação

Suíte do Casal por Catarina e Renata Hermanny para Casa Cor São Paulo 2016 | Foto: Divulgação

Já o Espaço das Interlocuções, ambiente assinado pelo arquiteto mineiro Pedro Lázaro, mistura arte e design de forma rica, provocativa e inovadora. A inspiração veio dos móveis desenhados pelo pintor modernista Lasar Segall para sua própria residência. Elementos do modernismo, barroco mineiro e arte oriental dão os rumos da atmosfera do ambiente, tanto na concepção arquitetônica, quanto na apropriação para utilização e contemplação, explorando a riqueza histórica contida nestes processos.

O Espaço das Interlocuções assinado por Pedro Lázaro para a Casa Cor São Paulo | Foto: Divulgação

Relação das obras de arte, da esquerda para direita: Sino cerimonial, Vietnã – Ano II a.c | escultura Catarata de João Castilho, 2015 | Los Carpinterios, El pueblo se equivoca | Rosângela Rennó | Fotografia ARISTOLOCHIA FTB- SÉRIE ARISTOLOCHIA,2014 de Rochelle Costi | sobre a mesa : cestas Ikebana, Japão período Meiji | Cerâmica Máximo Soalheiro

Lázaro aposta na mistura entre paredes em concreto bruto, que se relacionam com um balcão maciço revestido em uma textura ouro metalizado. Paredes brancas valorizam o piso em granito Ouro Negro, que foi apenas lixado, recebendo o gráfico tapete também desenhado por Lasar Segall, formando uma pintura no piso pela forma de colocação da peça. Dispostas de maneira nada convencional, cadeiras e poltronas são verdadeiros convites ao deleite. O ambiente recebeu obras e objetos de arte assinados por Adriana Varejão, João Castilho, Iran do Espírito Santo, Anna Maria Maiolino, José Bento entre outros. 

Ao fundo, sobre o aparador em aço carbono desenhado pelo arquiteto, fotografia de João Castilho. Vaso de porcelana ROSENTHAL da década de 50 sobre mesa lateral SEGALL em laca preta e latão dourado

Ao fundo, sobre o aparador em aço carbono desenhado pelo arquiteto, fotografia de João Castilho. Vaso de porcelana ROSENTHAL da década de 50 sobre mesa lateral SEGALL em laca preta e latão dourado

O Palácio de Versalhes foi a grande inspiração de Michele Luz para o Quarto do Bebê, que destaca a nobreza ao mesmo tempo em que torna leve a austeridade do castelo francês, com o uso de off-white tanto nos móveis quanto nos revestimentos escolhidos pela mineira. Nas paredes, arabescos em 3D dão o tom lúdico ao espaço, que traz grandes cubos de madeira e um abajur no formato de um cavalo, um lustre de cristal e enxoval de seda.

Quarto do Bebê por Michele Luz para a Casa Cor São Paulo | Foto: Divulgação

Quarto do Bebê por Michele Luz para a Casa Cor São Paulo | Foto: Divulgação

Vale a pena se inspirar com estes e outros  ambientes da mostra, que fica aberta para visitação até 10 de julho.

CASA COR São Paulo
Data: 17 de maio a 10 de julho
Local: Jockey Club de São Paulo (Av. Lineu de Paula Machado, 775) – Cidade Jardim – São Paulo
Mais informações no site casacor.com.br

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar a
wpDiscuz